Caso Mirella Fernanda: bebê de 1 ano morre vítima de abuso; mãe e padrasto são suspeitos

 



O caso de Penapolis, interior de São Paulo, na segunda-feira (14), deixou toda a região indignada com a situação da bebê Mirela Fernanda, de 1 ano. A criança deu entrada no pronto-socorro da cidade na tarde de segunda-feira.



O corpo do bebê estava rígido quando chegou ao local, indicando que não houve óbito no momento, segundo boletim de ocorrência policial. Além disso, havia muitas marcas roxas no corpo do bebê, além de lacerações anais.

O médico do pronto-socorro que estava de plantão quando o bebê chegou notou sinais de violência e ligou para a gendarmaria para descobrir.

Assim que a polícia chegou ao pronto-socorro, interrogou a mãe e o padrasto da criança. Eles alegam que colocaram o bebê para dormir no domingo (13) e só perceberam que a menina estava morta no dia seguinte.